LOCALIZAÇÃO

CALÇADÃO SHOPPING.

Rua: Sebastião Húmel, 268

piso térreo - Centro - São José dos Campos - SP - CEP 12210-200

Ligue ou mande seu WhatsApp

12 9 8818-0488 / 99631-1340

fundacaolitaurica@gmail.com

A Religião Única e Universal que enxerga o homem como um ser em evolução e coloca diante de si, as verdades incontestáveis da vida , provadas pelo avanço científico da humanidade.

Veja nossas publicações, ouça nossos áudios e conheça mais sobre a Litáurica.

LITÁURICA

© 2016 Todos os direitos reservados para Litáurica - A Religião Única e Universal. Design by Interage

A Terapia Litáurica

Uma fotografia da aura de interpretação Litáurica é como uma bússola, podemos ver se estamos no caminho certo evolutivo ou só dando voltas na vida. Na descoberta de onde nascem os problemas espirituais podemos mudar a rota da nossa vida, o Carma espiritual. A fotografia da aura, ligada aos contextos da prova Litáurica do tratamento, constitui prova indiscutível e de cunho científico da reencarnação.

Nestas fotos de fases de um tratamento Litáurico normal, podemos acompanhar o resgate cármico e a correção da rota de evolução espiritual de uma pessoa no decurso do seu tratamento.

A Terapia Litáurica é realizada e dirigida pela fotografia da aura eletrônica. Ela consiste na ativação da mediunidade da pessoa portadora de um problema cármico espiritual que é previamente detectado em sua foto. A proposta da Terapia Litáurica é ajudar a pessoa se reequilibrar energética e espiritualmente, resgatando o carma espiritual do passado e auxiliando com isso a sua evolução.

 

A Terapia é aplicada e é orientada pela fotografia da aura. Ela pode assustar, porque prova a reencarnação e prova ainda que os problemas vem do passado de outras vidas a cobrar no presente espiritualmente através das auras. A Terapia Litáurica não desenvolve a mediunidade, mas trabalha para a cura a mediunidade. Mediunidades estas que podem levar às internações em hospitais psiquiátricos, alcoolismos, drogas, descontroles emocionais que levam até a intolerância de brigas, separações entre as pessoas e à instabilidade emocional em diversas áreas do cotidiano.

 

E a Terapia Litáurica é a Litáurica por excelência, porque é o resultado prático da sua assimilação, dos seus conceitos postos na prática, que são aqueles da “Religião Universal Litáurica”, que foi oficializada pelo Plano Espiritual Superior quando da sua “Revelação”. E o espiritismo Litáurico é um outro fato bem diferente, pois é realizado sempre na colaboração das forças espirituais Litáuricas, para ajudar milhares e milhares de espíritos perdidos, provenientes de todas as religiões, a encontrarem o caminho da reencarnação.

 

Como todas as inovações quando se iniciam, estes tratamentos podiam ser realizados somente na Mesa Litáurica, mas a partir de lá nasceram desse trabalho alguns colaboradores, que tendo recebido o próprio tratamento, aprenderam a interpretar as fotos da aura e a proporcionar os tratamentos, conseguindo com isso alcançar um grau de espiritualismo elevado, que lhes permitem atingir a mesma sintonia operacional do mesmo Mestre.

A convite e permissão do Sr. Luigi, o fundador da Religião Litáurica, tivemos a oportunidade de aprender com esse Mestre, o atendimento ao público nas consultas metafísicas, a capacitação para interpretar as fotografias das auras no método de interpretação da Litáurica e adquirimos experiência para proporcionar e acompanhar os tratamentos espirituais das pessoas que hoje buscam na Fundação Litáurica a ajuda e assistência dessa Terapia Espiritual Litáurica.

Aprendizado da Kirliangrafia - Litáurica

Palestras de estudos sobre a Litáurica e a fotografia da aura com Sr. Luigi

E o “Novo Enviado”, se enxerga a desenvolver estudos e fazer curas e diagnósticos baseados na fotografia da aura, atualizar livros, passar adiante os conhecimentos da tecnologia de interpretação das fotografias, ensinando inclusive a fazer os tratamentos aos mais jovens, que levarão adiante o trabalho apenas começado. (Do Livro  "Os Ponteiros Direcionados ao Céu III").

Hoje com a ajuda e a colaboração da Espiritualidade Litáurica estes discípulos são irradiados pela mesma energia operacional deste novo Mestre Enviado, (...cabe ressaltar que quem verdadeiramente imanta a entidade em questão, é a energia espiritual que vem do Alto, essa energia que deixa os planos espirituais mais elevados visíveis, que nos liga e gradualmente absorve esta energia intrusa da aura. Neste conceito, já passou a imantar os meus discípulos que ajudam e se constituem como uma esperança de continuidade para o futuro. (trecho extraído do Livro "Os Ponteiros Direcionados ao Céu III").

 

No ato dos passes mediúnicos aplicados durante a terapia é proporcionado assim às pessoas e aos espíritos os mesmos tratamentos. A validade, a eficiência desta terapia, as melhoras energéticas áuricas espirituais, emocionais e até físicas são comprovadas com as pessoas e  também com todas as fotos das auras, que antes, durante e depois do tratamento evidenciam estas recuperações, pois hoje com o novo avanço científico espiritual nenhum fato espírita pode ser válido senão se comprova na ciência da metafísica da aura.

 

Para a realização e disponibilidade desta assistência espiritual a quem pede e necessita nasceu a Fundação Litáurica uma “Entidade de Estudos metafísicos das Kirliangrafias”.

 

A Fundação Litáurica se fundamenta na Religião Litáurica - A Religião Única e Universal e estende a sua atuação nestas bases doutrinárias. Foi criada no ano de 2.007 para legalizar e dar continuidade as atividades da Terapia Litáurica e proporcionar a assistência social na área espiritual.

 

Um legado que a Fundação Litáurica adota em sua atividade é que:  “todo esforço deve ser feito, não só para praticar, mas para sustentar e manter a difusão, além de manter a integridade da doutrina Litáurica livre da superstição, do condicionamento da igreja e de pessoas mediunicamente com problemas cármicos sem disposição para a sua recuperação".

 

As atividades da Fundação são:

 

Dar continuação à divulgação dos ensinamentos da Religião Litáurica através de iniciativas e trabalhos como: local de atendimento ao público, palestras, espaço para tratamentos, reuniões de estudos, WatssApp, através da internet em seu novo Site: www.alitaurica.com.br , e através da Rádio Litáurica via internet: www.radiolitaurica.com.br

Disponibilizamos as consultas metafísicas da saúde espiritual através da foto da aura (kirliangrafia). Venda de livros Litáuricos, Gemas para a Terapia das Pedras (Litoterapia). Orientamos e auxiliamos os tratamentos e auto-tratamentos em seu novo local de atendimento ao público, no SHOPPING CALÇADÃO da R: Sebastião Humel, 268 - Piso Térreo - Centro da Cidade de São José dos Campos - SP.

Atendimento ao público

A foto da aura junto com o seu diagnóstico fica pronta dois dias depois do primeiro atendimento. Na entrega as pessoas recebem interpretações verbais personalizadas de acordo com cada situação. O custo da foto é de R$ 50.00. Caso haja necessidade de tratamento este é totalmente gratuito, sendo facultativo aceitar ou não a pessoa.

Entrega de foto

Assim como os cuidados higiênicos que temos com o corpo, temos que dispensar iguais cuidados com a alma. Há pessoas que já são Litáuricas e que confirmam tais cuidados  monitorando-se através da foto da sua aura.

Espaço para tratamento

Proporcionamos os tratamentos espirituais para a recuperação das auras, auxiliando as pessoas na solução dos problemas detectados nela. Os tratamentos são realizados gratuitamente na sede da Fundação que hoje atende na Rua: Euclides da Cunha, 248 na Vila Ema em São José dos Campos – SP.

Antes de iniciar a sessão as pessoas recebem os ensinamentos baseado nos livros:  "Caminho Litáurico", - "Os Ponteiros Direcionados ao Céu III" - "Evangelho Segundo a Litáurica", - "Recortes Litáuricos", ampliando-se ainda na referência dos livros e conceitos das "Legiões Litáuricas" e "Vida de Jesus ditada por Ele mesmo". O tratamento Litáurico se apóia, em parte na terapia espírita, mas mais na própria filosofia Litáurica, porque é nesta que efetua o seus tratamentos e comprova a sua validade.

Quem leva adiante hoje este trabalho operacional da Fundação Litáurica?

Os terapeutas Rose e Rogério, que por convite e permissão do Sr. Luigi, o fundador da Religião Litáurica, tiveram a oportunidade de aprender com esse Mestre o atendimento ao público nas consultas metafísicas, a interpretação das fotografias das auras no método de interpretação da Litáurica, adquirindo a experiência para proporcionar e acompanhar os tratamentos espirituais às pessoas que hoje buscam na Litáurica  ajuda e a assistência dessa Terapia Espiritual.

 

Hoje as pessoas que buscam uma resposta real aos problemas que vivem, podem encontrar na Litáurica as respostas lendo e estudando os livros Litáuricos.

Na Fundação Litáurica as pessoas podem também receber orientações espirituais de pessoas capacitadas para isso. As pessoas são ajudadas e iniciadas nos conhecimentos e valores da Religião Universal Litáurica, através de estudos, provas científicas, palestras e tratamentos para a solução dos problemas espirituais da aura.

 

E para a legalidade dessa atividade de divulgação da Religião Litáurica, nasceu a Fundação Litáurica, que tendo respaldo jurídico e público trabalha auxiliando as pessoas a despertarem para esta realidade espiritual da Nova Era.

Palestras Litáuricas

Elas acontecem todas as sextas-feiras às 20:00 h na sede da Fundação Litáurica que fica na Rua: Euclides da Cunha, 248 - Vila Ema em São José dos Campos - SP.

Os temas das reuniões são sempre Litáuricos. São sobre orientações e tratamentos da Litáurica. Perguntas sobre as fotografias da aura, sobre o Legado Crístico ( A Oração Della) e o auto-tratamento (Oração dos Mentores). Muitas dúvidas que as pessoas trazem sobre a Religião Litáurica e sua doutrina são esclarecidos nestes encontros .

Palestras Litáuricas

Muitas dúvidas e questionamentos que as pessoas têem sobre os fatos do dia-dia, são esclarecidos nas leis físicas e metafísicas que a  Litáurica traz as provas. Nestes pequenos encontros, muitos assuntos e dúvidas do nosso cotidiano são entendidos na nova visão Litáurica.

Auto-Tratamento -  A Oração dos Mentores

Toda a religião que não contempla no seu ensino a vida além da vida e a reencarnação, e não observa regularmente e integralmente, o primeiro Mandamento Mosaico, se opõe às regras da vida e aos princípios da verdade e seus filiados já não podem passar, por isso, a esfera da metafísica espiritual. Estas almas vão e vêm da morte para a vida submetidas simplesmente às regras das leis de causa e efeito de Talião.

Daí e que muita gente é surpreendida ao morrer, pois descobre, quando é muito tarde, ter errado muita coisa em vida e ter de depender dos descendentes para conhecer alguma coisa a mais que lhes permita se orientar se tiverem tempo para isso. Saber pelo menos das regras básicas que as suas religiões nunca lhes ensinaram. Por isso é que muitos, principalmente, voltam para as suas casas e automaticamente acabam influenciando a vida dos seus entes.

Entretanto muitos até hoje ainda não descobriram que muitas religiões não valem mais. Mas estes espíritos começam a segui-los e muitos são os que os apercebem tão perto quanto seja a ânsia e a necessidade e até a possibilidade de ajudá-los, isto é: - em função das dívidas cármicas que os ligam, devidas aos favores recebidos nas antigas convivências, ou no acerto das diferenças ocorridas, dos normais desentendimentos entre parentes, ou até ofensas e desentendimentos entre as pessoas, estes antepassados podem manter-se em posição de cobradores, podendo chegar tão perto da aura deste vivo, quanto lhes permite a consequência da passada relação.

Nestas diferenças, estes antepassados podem aproximar-se até o chacra coronário, que os aperceberá passando sensações mediúnicas de tristeza, depressões, angústias, etc.. Ou penetrara na aura, até criar condições de vampirismo, minando até a razão da pessoa. Tudo depende da diferença cármica existente, que porém, a pessoa normalmente não conhece, pois este é o passado da alma a ser resgatado, pois no momento não é lembrado, mas como fazer?

Esta situação hoje vem a identificar-se com a fotografia da aura Litáurica, e se for o caso, a pessoa será orientada a fazer um auto-tratamento. Pois "independentemente da crença da pessoa ou da sua religião, está se entrando em tempos diferentes, no qual todas as religiões foram revogadas. E vieram as reformas e o tempo do Juízo em que ainda haverá muitas calamidades, que porém respeitarão os lares onde houver uma vela Litáurica acesa"...isto foi dito também pela " Nossa Senhora das Flores", que vem manifestar-Se a um vidente de Caxambu, neste tempos, pois assimilando os contextos da Litáurica e seguindo-os no dia-dia da mesma vida, irá criar assim uma chama Litáurica.

Temos que passar conceitos de uma nova doutrina que contemple a vida da matéria e aquela do além da vida, e doutrina mesmo, só há uma: a Litáurica. Este Evangelho serve para considerar os conceitos Litáuricos, que servirão para a solução doutrinária do problema.

Providencie o livro e, duas horas antes de deitar, acenda uma vela branca comum, num lugar seguro, em casa, e ao lado ponha um copo de água da torneira. Mentalmente dedique a luz da vela para uma mediação de um espírito de luz litáurico que venha para mediar a sua situação diante destes seus antepassados. Concentre-se no pensamento e peça para ter direção na leitura que irá fazer. Abra ao acaso o livro, e leia a parte que lhe virá, que será aquela que deverá ser meditada e passada adiante aos seus cobradores acompanhantes. Reze para eles, e os perdoe, pois estão aí porque, muitas vezes, não têm alternativas...Reze depois um Pai- Nosso de agradecimento e feche o livro.

Tudo isso não deve passar de 15 minutos, deixe a vela acesa que deverá queimar até o fim ao lado do copo de água e passe a fazer aquilo que normalmente faz na vida, pois há duas horas para ir dormir. Qualquer coisa que faça porém,  na sua mente revise as coisas do dia-dia, especialmente os problemas e nisso, lembre-se da vela e do Mediador espiritual que chamou, que está lá e pode ajudar. Se a pessoa desejar, poderá relaxar-se e mentalizar o espírito e poderá percebê-lo. Então peça ajuda para resolver ou amenizar os seus problemas.

Ao deitar, depois de um tempo, por volta de duas horas, ainda haverá o toco da vela aceso e nisso, relembre a sua situação áurica. E, mentalmente, reze para estes falecidos, pense neles e peça a Deus com uma oração, um Pai-Nosso para cada um, que permita que, quando venha o momento, o Espírito que chamou ao seu lado, da vela, os ajude a encontrar os caminhos para ir para frente.

No outro dia, ao levantar, confira a vela que deverá ter queimado bem até o fim. Assim sendo, regue com a água uma planta, ou uma flor ou um vaso qualquer com ela. Se a vela não queimou bem, há problemas no contexto da doutrinação, há necessidade de mais atenção e proteção espiritual, daí, chame a atenção do mundo espiritual pondo uma colherzinha de açúcar na água; fazer a água doce antes de despejá-la no pé de uma flor significa pôr a boca no mundo espiritual, tornar pública lá a sua dificuldade.

Nunca tomar esta água, pois significa reciclar a energia que tentou-se extrair da aura nesta auto-tratamento. Depois disso jogue fora as sobras da vela no lixo e continue todos os dias a fazer este ritual até a sua situação melhorar. Não repare quando houver muita bolhas na água, pois significa que, em volta, há muitos espíritos perdidos que precisam da sua ajuda, só isso.

Normalmente a sua situação começa a melhorar depois de vinte dias seguidos, quando poderá reduzir este ritual a duas ou três vezes por semana, mas não pense que seja somente isso que irá resolver a sua vida, pois siga as orientações que irá receber junto com a sua fotografia da aura. Ou adquira uma literatura litáurica e a estude a fundo, faça um grupo de estudo, pois nisso aprenderá que as verdadeiras orações são aquelas que se vivem na relação com as pessoas e que o Deus da misericórdia ao qual recorreu é fruto do seu atavismo, porque o verdadeiro Deus é aquele que deverá encontrar se quiser ficar aqui, neste planeta que agora irá se recondicionar para entrar numa nova fase de evolução, onde os seus moradores serão aqueles que terão aprendido a ver Deus nas energias da pedra, e nas Suas Leis, isto é: -Veda.

"Para aquele que Me vê, através das Minhas energias na pedra, Eu nunca Me perderei e muito menos ele irá perder-se para Mim". Sendo que Deus não é um respeitável avô de barba branca, como o atavismo mostra, mas a Criação, e esta não é só este homem, ou esta Humanidade, mas bilhões de Humanidades, moradoras do espaço, em bilhões de planetas e sistemas, onde sempre é manifestada a Sua energia em tudo, na pedra, na árvore, na água, na luz, na vida e além da vida, na evolução do espírito.

Estas sugestões são litáuricas, realizadas em função dos tempos e situações metafísicas que muitas pessoas vivem hoje. Nas suas crenças acham estar vivendo a verdade, quando são simplesmente exploradas nisso. De onde veio a derivar-se a Bíblia e onde vieram a inspirar-se todas as Grandes Religiões do planeta. A Litáurica segue a linha do espiritualismo, que dos Vedas nos vem ao presente, através da Lei do Amor, do cristianismo de Jesus e dos Apóstolos.

O amor de Deus nos dá a vida e Sua misericórdia nos permite reencarnar para expiar e corrigir os nossos erros e, em função de Sua colaboração, a Natureza nos agasalha e alimenta. Entretanto, viemos a este mundo com a colaboração do nosso próximo. Assim é que temos que considerar a Lei do Amor como Preceito que nos ensina a amar a Deus acima de tudo, mas ao Deus que nos dá a vida, Criador e Natureza, e não o Deus amorfo das imagens e da imaginação dos atávicos que viviam na floresta e tinham medo do escuro, e daí compreender que, sendo assim, o nosso próximo é como nós, parte de Deus. Ainda porque estas condições são integradas às leis da causa e efeito, das consequências, onde nasce o Carma, que nos cobrará todos os erros cometidos, tanto no desrespeito a Deus, ao nosso próximo, bem como a nós mesmos.

Quando você acende uma vela branca, na simbologia da luz, para ter um espírito de luz, o terá para mediar a sua situação. Lembre-se, porém que chamou também um juiz.

Ponha ao lado da vela um copo de água da torneira e apele mentalmente, porque lá está ele, mas ficará olhando e intervirá só em função do seu merecimento. Não o chame para ganhar dinheiro ou achar emprego, mostre que merece ser ajudado, que a sua intenção vale, e ele lhe abrirá o caminho, mas seja gente, procure vender um bom serviço.

Seja respeitoso com as coisas alheias. Procure sempre fazer o melhor que pode. Pense que se você tivesse um empregado ou patrão como você, faria o quê? E já terá o seu resultado. Na relação com esta Luz, deste Evangelho Litáurico, encontrará um caminho que lhe colocará luz na mente, mas seja gente. Procure aprender como ser mais útil no contexto social, no mínimo para sustentar-se a si mesmo. Não pense em constituir família se não tem condições nem para si mesmo. Tenha vergonha da miséria vivida, sem tentar vencê-la todos os momentos, com o trabalho e a dedicação ao trabalho e, acredite, nada vem de graça. Não acredite nas coisas fáceis porque não duram...

O ESPÍRITO E A PEDRA GEMA 

A TERAPIA DAS PEDRAS

 

As gemas harmonizam-se com o seu portador e defendem-no de influências externas, ajundando na manutenção da saúde.

A mente é o envoltório sútil do Espírito, a força que se extravasa no claustro talâmico e o mantém em contato com o mundo exterior e os demais Espíritos, através dos sentidos físicos ou das percepções extrasensoriais, e das faculdades mediúnicas paranormais que se evidenciam na força da aura e seu equilíbrio e na meia-lua superior bem inclinada e rosada da kirliangrafia.


Entram neste campo, provocando os deletérios efeitos, também energias estáticas geradas por inúmeros artefatos modernos elétricos, como: bips, rádios, televisores e eletrodomésticos, lâmpadas, vestidos e malhas de materiais sintéticos, etc. Efeitos que, além de serem deletérios à saúde física, criam inúmeros rumores técnicos às ondas mentomagnéticas, impossibilitando a sua clareza e veiculação, e quando a alma não enxerga o caminho da evolução ainda e vive sem proveitos espirituais, mantendo a Taça de ouro inteira.


Assim é que uma outra maioria de pessoas está tecnicamente impedida de relacionar-se espiritualmente. O cristal da pedra gema, condicionado a determinadas condições, soluciona este problema, pois nisso, aproveita-se das características filtrantes conhecidas no campo da radiofonética das transmissões de rádio.
 

Qualquer cristal lapidado, levado ao campo áurico, em proximidade do chacra cardíaco, repele o eletromagnetismo pernicioso criado pelo ódio, e defende contra o aparecimento de neuroses e psicopatias. A gema terapêutica, entretanto, é uma pedra lapidada e harmonizada que, através das suas múltiplas facetas, reflete em todas as direções e abre a passagem, nesta, a única freqüência, que é aquela do portador. Sendo harmonizada, estando no campo etérico entre 16 e 36 horas, a freqüência magnética mental deste solicitará a disposição dos seus elétrons de forma que somente esta onda, desta freqüência, transporá o cristal da gema, e no aumento das defesas áuricas, agindo entre o cérebro consciente e o inconsciente, que estão na mesma freqüência, como um filtro limpador do sinal ou da prece, da evolução, ou do pensamento espiritual.


Por isso, quando a gema se eleva a Símbolo Espiritual, a sua ação é também terapêutica, pois a onda magnética gerada pela mente passa pelo cristal que a limpará das estáticas e dos rumores magnéticos, e a gema graduará a onda do seu cromatismo, transformando esta, em energia cromática Áurica que, harmoniosamente, irá misturar-se às energias áuricas, e nunca será repelida, pois esta é exatamente a freqüência do mesmo campo etérico. Não se pretenda o mesmo efeito, porém, de qualquer gema.

"Para aquele que Me vê através da Minha Energia, na pedra, Eu nunca Me perderei e muito menos ele se perderá para Mim".

"A pedra é o foco do objetivo dos seres humanos que atravessam sérios problemas no mundo, onde o importante é a cura ou a solução do problema existente".